O projeto ENTOFARM.PT desenvolvido pelos alunos do 12.º ano Ana Carvalho, Catarina Brandão, João leite e Mário Ribeiro saiu premiado do concurso Jovens Cientistas e Investigadores, evento que ocorreu no Alfândega do Porto, de 31 de maio a 2 de junho.
No projeto ENTOFARM.PT os alunos desenvolveram um modelo de produção sustentável de grilo doméstico (Acheta domesticus), para introdução na alimentação, quer humana, quer em rações animais, como fonte proteica alternativa à carne e outros suplementos.
A qualidade da investigação desenvolvida pelos alunos mereceu-lhes o apuramento para a final europeia do EUCYS [European Union Contest for Young Scientists] em Dublin, na Irlanda, a realizar de 14 a 19 de setembro. Aqui, defenderão o seu projeto, em representação de Portugal, perante um júri internacional, juntamente com os restantes jovens investigadores finalistas de outros países europeus.
O EUCYS é organizado pela Direção Geral da Investigação e da Inovação da Comissão Europeia e integra-se no plano de atividades de «Ciência para e com a Sociedade» da instituição.
O concurso conta já com 30 edições e visa promover os ideais de cooperação e de intercâmbio entre jovens cientistas, através de uma mostra anual da melhor investigação desenvolvida por estudantes europeus pré-universitários.
Desta forma, a Comissão procura dar reconhecimento e fortalecer os esforços feitos em cada país participante para atrair jovens para carreiras nas áreas da Ciência e da Tecnologia.
Em Portugal o concurso é co-organizado pela Fundação da Juventude, pela Agência Nacional Ciência Viva e pelo Município do Porto.
Na sua 26.ª edição, o concurso “Jovens Cientistas e Investigadores” contou com a participação de 100 projetos, envolvendo 265 alunos de 41 escolas de todo o país.
Os projetos foram avaliados por 36 jurados das várias universidades e centros de investigação portugueses.
Desejamos as maiores felicidades à Ana, à Catarina, ao João e ao Mário para uma semana que será, certamente, inesquecível.

 

Galeria de imagens