Durante o mês de janeiro, pôde ser visitada, no colégio, a exposição “Autorretratos” que deu a conhecer os trabalhos desenvolvidos pelos alunos do 6.º ano, ao longo do primeiro período, na disciplina de educação tecnológica.
As obras apresentadas representam uma abordagem simples do conceito de assemblage em arte – trabalhos produzidos pela incorporação de objetos, muitas vezes do quotidiano, nas composições. Cada objeto escolhido é ressignificado no contexto individual de cada obra, criando uma narrativa visual singular e aberta – aberta, porque possibilita uma variedade de interpretações – e esta polissemia é desejada.

Como técnica, a assemblage permite a experimentação de ligações entre uma variedade de materiais com um sentido mais plástico, estético. E é nesta lógica que é utilizada na disciplina de educação tecnológica. A atenção recai sobre o aprender a criar, as competências de resolução de problemas e de pensamento crítico e a criatividade. São aspetos que nos parecem ser componentes vitais que configuram as aprendizagens dos nossos alunos como plurais e significativas.
A organização desta iniciativa foi da responsabilidade do grupo de artes visuais.