O 1.º ciclo, à semelhança do celebrado no Advento, viveu quatro momentos muito intensos e revigorantes no início da Quaresma: as Orações da Família.
Foram oportunidades, “em que estamos, sem nada para fazer”, de fazermos silêncio e de fazermos pousar em nós a Palavra de Deus.
Ficou o convite para projetarmos esta Quaresma como um tempo intenso e de aproximação à vontade de Deus.