Em 2013.14, no âmbito do Departamento de Ciências Sociais e Humanas e do Núcleo de Evangelização, nasceu o projeto URBI ET ORBI, orientado para uma visita de estudo anual a Roma que, no ano letivo de 2017.18, realizou-se entre os dias 17 e 21 de janeiro. Trata-se de um projeto com o apoio da APELF, que permite aos nossos alunos uma abordagem privilegiada à História da Cultura e da Arte e à História da Igreja. Participaram nesta visita de estudo 17 alunos do 10.º ano.
Em quatro intensos dias, instalados junto à Piazza Navona, visitámos as igrejas de San Luigi dei Francesi, Sant’Ignazio di Loyola, Santa Maria sopra Minerva, Sant’Agnese in Agone, Santa Maria in Aracoeli, Il Gesù, Santa Maria della Vittoria, San Carlo alle Quattro Fontane e Santa Prassede; as grandes basílicas de São Pedro, Santa Maria Maior e São João de Latrão; o Museu do Vaticano; a Fontana dei Quattro Fiumi e a Fontana di Trevi; o Panteão e as colunas Antonina e de Trajano; o Forum, o Coliseu e o Circo Máximo; o Altare della Patria, a Isola Tiberina e o Campo di Fiori. Entre Caravaggio, Miguel Ângelo, Bernini e tantos outros, passámos quatro inesquecíveis dias. Terminámos a tarde de sábado na igreja de Sant’Antonio dei Portoghesi, onde fomos acolhidos pelo Monsenhor Agostinho Borges. Regressámos ao Porto no domingo, com a consciência de que, como escreveu Cees Nooteboom, “existem lugares no mundo onde à nossa chegada ou partida se acrescentam, de forma misteriosa, as emoções de todos os que lá chegaram ou de lá partiram antes de nós”.

 

Galeria de imagens