Entre os dias 25 e 29 de novembro, o Departamento de Línguas organizou, no auditório do Colégio, a Feira do Livro 2019. Neste ano, a decoração – a cargo do Departamento de Artes Visuais — envolveu o espaço da Feira na atmosfera mágica dos livros da saga Harry Potter.
Na noite de segunda-feira, teve lugar a inauguração, pela voz dos elementos do grupo de teatro do CLF — “Almas da Lua” —, que disseram poemas e outros textos de Sophia de Mello Breyner Andresen, cujo centenário de nascimento se pretendeu assinalar.
A semana contou com a presença de vários escritores. Adélia de Carvalho convidou os alunos do 5.º e do 6.º anos a conhecerem a vida da autora de algumas das mais belas e notáveis histórias para a infância da literatura portuguesa, com o livro “Sophia, a Menina da Terra e do Mar”.
Os alunos do 4.º ano, por sua vez, tiveram a oportunidade de dialogar com o tradutor Abílio Santos, a propósito da versão portuguesa do já clássico “O homem que plantava árvores”, de Jean Giono.
Na quarta-feira, Daniel Completo e Cristina Completo deram a conhecer aos alunos do 2.º e do 3.º anos os audiolivros de Luísa Ducla Soares, que musicaram e ilustraram.
Na quinta-feira, José Rui Teixeira apresentou aos alunos do 12.º ano o seu mais recente volume de poesia reunida, “Autópsia”. Os alunos do 11.º ano, por seu turno, assistiram a uma palestra do ficcionista Gilberto Pinto, que incidiu, principalmente, sobre o seu último romance, “A Rapariga que Veio do Frio”.
No último dia da Feria, Diana de Oliveira dinamizou uma sessão com os alunos do 7.º ano, com o objetivo de divulgar o seu “Caderno (da Natureza) do Bicho do Mato”.
Foi uma semana que permitiu aos alunos explorar o mundo dos livros, nas suas várias dimensões: do romance à tradução, da poesia à música e à ilustração, da palavra como intérprete da natureza e das suas diversas formas de magia.